Notícia

“Estou consciente das elevadas responsabilidades que estou assumindo”

Expresso Mineiro - Convenção Batista Mineira

O professor Valseni Braga, presidente da Associação Nacional de Escolas Batistas (ANEB) foi nomeado como conselheiro do Conselho Nacional da Educação. O mandato será de quatro anos e dentre as várias atribuições conferidas ao cargo de conselheiro estão: assessoria ao Ministro de Estado da Educação, cumprimento da legislação educacional e zelar pela participação da sociedade no aprimoramento da educação brasileira. Em entrevista ao Expresso Mineiro, da Convenção Batista Mineira, Valseni Braga conta detalhes desta nomeação e das suas responsabilidades como membro do Conselho Nacional de Educação (CNE).

Expresso Mineiro - Como chegou ao seu conhecimento a indicação e nomeação para o Conselho Nacional de Educação?

Valseni Braga - Fui indicado ao Conselho Nacional de Educação (CNE) pela Associação Brasileira de Instituições Educacionais Evangélicas (ABIEE), da qual, faço parte, como presidente da Associação Nacional das Escolas Batistas (ANEB). Diversas Instituições enviaram nomes ao Ministro da Educação para compor uma lista de indicados, subsidiando a escolha do Ministro da Educação. A nomeação é feita pelo presidente da República e soube dela por meio do Decreto Presidencial publicado no dia 09 de julho, no Diário Oficial.


EM - Quais atribuições terá no CNE?

Braga - No Conselho Nacional estarei compondo a Câmara de Educação Básica, cujas atribuições são conferidas pela Lei 9.131/95. Ou seja, a Câmara de Educação Básica tem como atribuições analisar e emitir pareceres sobre procedimentos e resultados de processos de avaliação da educação infantil, fundamental, média, profissional e especial, deliberar sobre diretrizes curriculares propostas pelo Ministério da Educação; e acompanhar a execução do Plano Nacional de Educação (PNE).

EM - Qual a importância dessa nomeação para o trabalho que tem realizado na educação do Estado de Minas Gerais?

Braga - Fazer parte do Conselho Nacional significa exercer influência sobre o direcionamento da educação do país, pois o CNE é um Órgão de Assessoramento do Ministério da Educação com atribuições normativas, deliberativas e de assessoramento ao Ministro de Estado da Educação, cabendo-lhe formular e avaliar a política nacional de educação, zelar pela qualidade do ensino, velar pelo cumprimento da legislação educacional e assegurar a participação da sociedade no aprimoramento da educação brasileira.

EM - Como conciliará a direção-geral da Rede Batista de Educação com o cargo de conselheiro do Ministério?

Braga - O CNE se reúne mensalmente, em sua sede, em Brasília. Portanto, estarei em condições de exercer normalmente as minhas atribuições como diretor-geral da Rede Batista de Educação, enquanto sirvo como Conselheiro do Conselho Nacional de Educação.


 

EM - Considerações finais.

Braga - Finalmente, declaro que estou consciente das elevadas responsabilidades que estou assumindo, por isso peço a Deus que me dê sabedoria e conhecimento para que possa continuar cumprindo com eficiência as atribuições que Ele mesmo tem colocado em minhas mãos. Peço o apoio e orações de todo o nosso povo Batista!