Notícia

Jovens participam do Congresso da Juventude com o tema “Maturidade Cristã”

Frente a realidade onde cresce a participação de crianças e adolescentes na criminalidade, os jovens da Primeira Igreja Batista de Aracaju (Piba) se reuniram com o fazer a diferença na sociedade. Por isso, durante os dias 17, 18 e 19 de agosto, eles estiveram na Piba no Congresso da Juventude 220, que teve como tema “Maturidade Cristã”. O presidente da Juventude da Piba, Júnior Tyjuka, explica a escolha do tema.

“Vimos uma necessidade, dentro da Igreja, de que os nossos jovens crescessem espiritualmente. Observamos que eles estavam ainda muito imaturos quanto a própria Palavra de Deus. Assim, abordamos esse tema como forma de levá-los a uma reflexão para que as ministrações falassem aos seus corações. Esperamos que os jovens entendam que uma vida com Cristo não é baseada apenas em emoções, mas sim no conhecimento da palavra de Deus”, disse o coordenador do Congresso.

O Congresso contou com workshop com palestras dadas pelos pastores Lazaro Sodré; Jabes Filho; Jorge Barbosa e Flávio Amorim. As ministrações de louvor foram conduzidas pelo pastor da Igreja Batista do Povo em Vila Mariana - SP, Hygor Junker e banda, e a cantora Amanda Neuman. Quem foi ao evento pôde também assistir a peças teatrais apresentadas pelo Ministério de Teatro da Piba, Kadosh.

Para falar sobre o tema “Maturidade Cristã”, a coordenação do Congresso trouxe o palestrante Hygor Junker, que ministrou pregações durante os três dias de evento aos jovens. “Meu anseio era dizer que o que o Senhor fez por nós não termina em nós, mas termina naqueles que estão ao nosso redor. Então, a salvação não é simplesmente para que a gente esteja convicto que estaremos com Ele na eternidade, mas que as pessoas ao nosso redor sejam salvas e transformadas. Meu objetivo foi despertar a juventude a pensar a sociedade e fazer com que impactem seu trabalho, sua universidade, sua vizinhança, sua família com a centralidade do Evangelho”, declarou o pastor Hygor Junker.

O Congresso alcançou uma quantidade expressiva de jovens inscritos e conseguiu atingir seu objetivo. “Nosso congresso foi essencial. Todas as ministrações foram um alimento temperado para os nossos jovens. Esse congresso não foi apenas mais um evento, mas um alimento sólido para a nossa juventude avançar na vida espiritual. Por isso, abordei a importância de sair do feijão com arroz e experimentar o novo que Deus tem para nós, que é o culto”, expressou o pastor de jovens da Piba, Flávio Amorim.

Por: Ascom Piba


 
 

Fotos